Síndrome de Grisel como Complicação de Abcesso Parafaríngeo

Conteúdo do artigo principal

Nuno Medeiros - Autor Correspondente

Nuno Medeiros [nuno.medeiros.oliveira@chvng.min-saude.pt]
Rua Mestre Guilherme Camarinha 94 H1.4, Porto, Portugal
ORCID iD: 0000-0003-3127-9406

Pedro Valente
Cristina Aguiar
João Larangeiro
Artur Condé

Resumo

INTRODUÇÃO: A síndrome de Grisel é uma entidade rara que corresponde a uma subluxação rotatória atlanto-axial não-traumática, por norma secundária a infeção das vias aéreas superiores ou a cirurgia da cabeça e pescoço. Os pacientes
apresentam-se com torcicolo, e um grau de suspeição elevado é necessário para o diagnóstico.
CASO CLÍNICO: Criança do sexo masculino, 6 anos, admitida por odinofagia, febre e torcicolo. Exame objetivo revelava flexão cervical com rotação para a direita. Tomografia computorizada cervical demonstrava abcesso parafaríngeo e subluxação anterior atlanto-axial de 3 mm, configurando uma subluxação tipo II de Fielding. A criança foi internada para realização de antibioterapia endovenosa, vigilância e imobilização cervical.
DISCUSSÃO: A síndrome de Grisel é um diagnóstico a considerar numa criança com torcicolo e infeção cervical. Os otorrinolaringologistas devem relembrar-se das possíveis apresentações e fatores de risco para esta síndrome. O tratamento conservador é muitas vezes suficiente, e a identificação precoce com imobilização parecem levar a melhores outcomes.

Palavras-chave: Abscesso Retrofaríngeo; Articulação Atlanto-axial; Criança; Luxações Articulares; Torcicolo

Detalhes do artigo

Medeiros, N., Valente, P., Aguiar, C., Larangeiro, J., & Condé, A. (2021). Síndrome de Grisel como Complicação de Abcesso Parafaríngeo. Gazeta Médica, 8(1). https://doi.org/10.29315/gm.v8i1.394
Secção
CASOS CLÍNICOS

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)