Evolução da Relação Médico-Doente

Conteúdo do artigo principal

Ana Serrão Neto - Autor Correspondente

Ana Serrão Neto [ana.neto@cuf.pt]
Rua Mário Botas, 1998-018 Lisboa, Portugal
ORCID iD: 0000-0003-2116-6715

Resumo

Faz-se uma análise da evolução histórica da relação-médico-doente (RMD) desde a Grécia antiga até ao século XXI, incluindo a influência das ciências sociais e da psicanálise. Reflete-se sobre a influência da internet, o empowerment dos doentes, as mudanças desencadeadas pelos grandes prestadores privados de saúde, e respetivas marcas, bem como pela medicina digital. Termina-se, alertando para aspetos essenciais que vão condicionar a RMD no futuro próximo.

Palavras-chave: Empoderamento; Relações Médico-Doente

Detalhes do artigo

Neto, A. S. (2021). Evolução da Relação Médico-Doente. Gazeta Médica, 8(1). https://doi.org/10.29315/gm.v8i1.443
Secção
ARTIGO DE PERSPETIVA

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)